=>Carpe diem quam minimum credula postero

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2007

A liberdade é isto?

Recebi, via Email este texto Tradução e adaptação Hannelore Bürstmayr Grün wie die Regenzeit
Mödling, Verlag St. Gabriel, 1986.
 
 
 
 
Carlos é uma das cerca de quarenta milhões de crianças que, por não terem lar, vivem abandonadas à sua sorte nas ruas das cidades latino-americanas. Muitas delas ainda têm pais, mas estes são tão pobres que não podem tomar conta dos filhos. Há cinco anos que Carlos ganha o sustento como engraxador de sapatos. Não estava a ser fácil sobreviver.
 
O meu maior problema é dormir. Não é nada fácil encontrar um lugar seguro onde não seja incomodado. Eu não quero juntar-me a nenhum bando e começar a roubar. Isso não é futuro. Mas como não estou em nenhum bando, também não tenho ninguém que me proteja. Às vezes é horrível não ter ninguém no mundo que goste de mim. É preciso ser-se muito forte para aguentar.
 
Há dias em que tenho a impressão de que toda a gente me detesta. Olham-me, furiosas, quando pergunto: "Quer engraxar os sapatos?" Outras insultam-me porque estou sujo. Mas já me habituei a ser insultado só por ser pobre.
 
A vida na rua é difícil. Quando comecei a trabalhar, havia rapazes mais velhos e mais fortes que me tiravam o dinheiro todo e até me batiam. Os polícias também me bateram várias vezes. Uma vez, meteram-me num lar, mas era como estar numa prisão. Ao fim de algumas semanas, fugi.
 
A maioria das pessoas não fala comigo quando me manda engraxar os sapatos. Lê o jornal ou olha em frente. Mas também há quem me diga: Dá-te por feliz por poderes viver em liberdade, por ninguém te dar ordens, ou coisas parecidas. Isto põe-me furioso. É liberdade ter fome? É liberdade não poder ir à escola por ter de trabalhar? É liberdade não poder aprender uma profissão e ser talvez condenado a passar a minha vida inteira na rua?


by pdivulg às 00:22
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Fallen Angel a 7 de Novembro de 2007 às 11:05
Realmente é um retrato muito triste do nosso futuro, principalmente de ver crianças a trabalhar para sobreviver. Crianças que deveriam ter um lar... é triste e revolta-me profundamente. Sou catolica, mas nestes casos e em muitos outros pergunto: "Onde está Aquele que dizem que é o nosso Salvador?"
Um grande beijinho.


De Secreta a 7 de Novembro de 2007 às 14:02
Esta é uma das situações em que apetece fazer uma pergunta ... É realmente verdade que quem cria um filho cria dois ? Ou quem cria dois também cria três ?
Revolta-me imenso , ver crianças assim , a sofrer e sem conseguirem vislumbrar uma vida algo melhor ...


De Galeriacores1 a 7 de Novembro de 2007 às 17:50
Uns tanto e outros nada, é sempre a mesma coisa que se vê por esse mundo fora e que nos fere as consciências sempre que nos apercebemos de todos esses estados lastimáveis de pobreza e miséria. É um mundo de tanta injustiça social, mundo esse que é também constituído por excessos e extremos extravagantes e excêntricos sem solução à vista. Na verdade, se pensarmos bem, será que algum de nós é de facto livre?


De Ver para crer a 7 de Novembro de 2007 às 17:51
Que reconhecidos devemos estar a nossos pais por nos terem acolhido com amor.
Sem eles seríamos uns condenados à desgraça...


Comentar post

=>A Foto do dia

=>postas recentes

=> Mudança dos tempos

=> Ponto final

=> 95 Primaveras

=> Festa da Fé_Leiria 2010

=> Coleccionando flores....

=> Passatempo

=> Para onde vais Portugal

=> Os tempos mudam

=> O CÚMULO DA IRONIA .........

=> Anedota da Páscoa

=>arquivos

=> Outubro 2010

=> Julho 2010

=> Maio 2010

=> Dezembro 2009

=> Outubro 2009

=> Abril 2009

=> Fevereiro 2009

=> Janeiro 2009

=> Dezembro 2008

=> Novembro 2008

=> Outubro 2008

=> Maio 2008

=> Abril 2008

=> Março 2008

=> Fevereiro 2008

=> Janeiro 2008

=> Dezembro 2007

=> Novembro 2007

=> Outubro 2007

=> Setembro 2007

=> Julho 2007

=> Junho 2007

=> Maio 2007

=> Abril 2007

=> Março 2007

=> Fevereiro 2007

=> Janeiro 2007

=> Dezembro 2006

=> Novembro 2006

=> Outubro 2006

=> Setembro 2006

=> Março 2006

=>pesquisar

 

=>Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


=>A passagem do dia

=>A citação

=>Escreva-me: pdivulg@sapo.pt

=>O Tempo por cá

=>Fases da lua


moon phases
 

=>Contador

=>mais sobre mim

=>tags

=> todas as tags

=>O meu selo

PDivulg

blogs SAPO

=>subscrever feeds