=>Carpe diem quam minimum credula postero

Terça-feira, 9 de Outubro de 2007

Utopia? Ou talvez não...

 
 
Fui criado com princípios morais comuns:
Quando eu era pequeno, mães, pais, professores, avós, tios, vizinhos  eram autoridades  dignas de respeito e consideração.
Quanto mais próximos ou mais velhos, mais afeto.
Inimaginável responder de forma mal educada aos mais velhos, professores ou autoridades…
Confiávamos nos adultos porque todos eram pais, mães ou familiares das crianças da nossa rua, do bairro, ou da cidade…
Tínhamos medo apenas do escuro, dos sapos, dos filmes de terror…
Hoje me deu uma tristeza infinita por tudo aquilo que perdemos.
Por tudo o que meus netos  um dia enfrentarão.
Pelo medo no olhar das crianças, dos jovens, dos velhos e dos adultos.
Direitos humanos para criminosos, deveres ilimitados para cidadãos honestos.
Não levar vantagem em tudo significa ser idiota.
Pagar dívidas em dia é ser tonto… Amnistia para corruptos e sonegadores…
O que aconteceu conosco?
Professores maltratados nas salas de aula, comerciantes ameaçados por traficantes, grades em nossas janelas e portas.
Que valores são esses?
Automóveis que valem mais que abraços,
Filhas querendo uma cirurgia como presente por passar de ano.
Celulares nas mochilas de crianças .
O que vais querer em troca de um abraço?
A diversão vale mais  que um diploma.
Uma tela gigante vale mais que uma boa conversa.
Mais vale uma maquilhagem que um sorvete.
Mais vale parecer do que ser…
Quando foi que tudo desapareceu ou se tornou ridículo?
Quero arrancar as grades da minha janela para
poder tocar as flores!
Quero me sentar na varanda e dormir com a porta aberta nas noites de verão!
Quero a honestidade como motivo de orgulho.
Quero a rectidão de carácter , a cara limpa e o olhar olho-no-olho .
Quero a vergonha na cara e a solidariedade
Quero a esperança, a alegria, a confiança!
Quero calar  a boca de quem diz:
 “ temos que estar ao nível de…”,
ao falar de uma pessoa.
Abaixo o  “TER”, viva o “SER”
E viva o retorno  da verdadeira vida, simples como a chuva, limpa como um céu de primavera,
leve como a brisa da manhã! 
E definitivamente bela, como cada amanhecer.
Quero ter de volta o meu mundo simples e comum.
Onde existam amor,  solidariedade e fraternidade como bases. 
Vamos voltar a ser “gente”
A indignação diante da falta de ética, de moral, de respeito...
Construir um mundo melhor, mais justo, mais humano, onde as pessoas respeitem as pessoas.
Utopia?
Quem sabe?...
Precisamos tentar…
 
Autoria desconhecida
Adaptado para o português por: PFeyh

by pdivulg às 00:07
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Galeriacores1 a 9 de Outubro de 2007 às 01:06
É sem dúvida uma grande verdade. Sabendo muito bem como as coisas são hoje basta apenas imaginar-mos como o serão no futuro próximo, isto se a humanidade conseguir chegar lá, claro.


De Cristina a 9 de Outubro de 2007 às 15:00
Ainda que pareça utupia, prefiro acreditar na esperança.
E assim, junto o meu ao teu clamor.

PRECISAMOS TENTAR.


De Anónimo a 9 de Outubro de 2007 às 19:20
É estranho mas é parte realidade em que vivemos...mas não é utopia porque nem todos vivem do parecer e não do ser....

creio que também cabe a cada um de nós dar exemplo e tentar mostrar ao próximo que uma boa conversa e um abraço é muito mais importante do que telemóvel , ou carro...

um forte abraço
:)


De Ver para crer a 10 de Outubro de 2007 às 12:12
Eu penso que isto vai melhorar. Se calhar não tão depressa como queríamos, mas as sociedades t~em altos e baixos.
A imoralidade actual é fruto do neo-liberalismo e de guerra cultural.


De marlenemaravilhammw a 12 de Outubro de 2007 às 23:11
Concordo perfeitamente e nao comento nada porque está completo! È tudo verdade.
abracos


Comentar post

=>A Foto do dia

=>postas recentes

=> Mudança dos tempos

=> Ponto final

=> 95 Primaveras

=> Festa da Fé_Leiria 2010

=> Coleccionando flores....

=> Passatempo

=> Para onde vais Portugal

=> Os tempos mudam

=> O CÚMULO DA IRONIA .........

=> Anedota da Páscoa

=>arquivos

=> Outubro 2010

=> Julho 2010

=> Maio 2010

=> Dezembro 2009

=> Outubro 2009

=> Abril 2009

=> Fevereiro 2009

=> Janeiro 2009

=> Dezembro 2008

=> Novembro 2008

=> Outubro 2008

=> Maio 2008

=> Abril 2008

=> Março 2008

=> Fevereiro 2008

=> Janeiro 2008

=> Dezembro 2007

=> Novembro 2007

=> Outubro 2007

=> Setembro 2007

=> Julho 2007

=> Junho 2007

=> Maio 2007

=> Abril 2007

=> Março 2007

=> Fevereiro 2007

=> Janeiro 2007

=> Dezembro 2006

=> Novembro 2006

=> Outubro 2006

=> Setembro 2006

=> Março 2006

=>pesquisar

 

=>Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


=>A passagem do dia

=>A citação

=>Escreva-me: pdivulg@sapo.pt

=>O Tempo por cá

=>Fases da lua


moon phases
 

=>Contador

=>mais sobre mim

=>tags

=> todas as tags

=>O meu selo

PDivulg

blogs SAPO

=>subscrever feeds