=>Carpe diem quam minimum credula postero

Terça-feira, 29 de Maio de 2007

Roda dos Expostos

Na passada sexta-feira publiquei um artigo intitulado “a favor ou contra” relatando a existência de uma caixa de recolha de bebés. A “formiguinha” no seu comentário falou da existência destas caixas intituladas “roda dos expostos”. Reconheço a meu total desconhecimento e fui à pesquisa...
 
 E segundo li este artefacto existe desde o século XVIII li no “verbeto de Jussara Gallindo” o seguinte: “RODA DOS EXPOSTOS
 
O nome roda se refere a um artefacto de madeira fixado ao muro ou janela do hospital, no qual era depositada a criança, sendo que ao girar o artefacto a criança era conduzida para dentro das dependências do mesmo, sem que a identidade de quem ali colocasse o bebé fosse revelada.
A roda dos expostos, que teve origem na Itália durante a Idade Média, aparece a partir do trabalho de uma Irmandade de Caridade e da preocupação com o grande número de bebés encontrados mortos. Tal Irmandade organizou em um hospital em Roma um sistema de protecção à criança exposta ou abandonada. 
As primeiras iniciativas de atendimento à criança abandonada no Brasil se deram, seguindo a tradição portuguesa, instalando-se a roda dos expostos nas Santas Casas de Misericórdia. Em princípio três: Salvador (1726), Rio de Janeiro (1738), Recife (1789) e ainda em São Paulo (1825), já no início do império. Outras rodas menores foram surgindo em outras cidades após este período.”
 
Mais em klepsidra.net li : “"No século XVIII, houve um crescimento da população livre e pobre e junto com ele o abandono de crianças, ao desamparo pelas ruas e lugares imundos, segundo os Anais do Rio de Janeiro de 1840." (DEL PRIORE, 1989. P. 48) Nas cidades, coube às câmaras e às Santas Casas o trabalho de acolhimento e criação de enjeitados. Nas Santas Casas instalava-se a Roda dos Expostos, onde os bebés eram deixados.”
 
 
Exemplo Roda dos Expostos do Convento de Santa Clara do Desterro, em Salvador
 
Portanto era visto como um mal menor, ou seja melhor do que deixar as crianças morrer mais valia serem assim entregues, sem dúvida.
Portanto os Japoneses apenas reinventaram o que a Europa e o Brasil já tiveram...
 Ignorância minha!
 
 Como dizem os nossos irmãos Valeu Forminginha!

by pdivulg às 00:05
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Galeriacores1 a 29 de Maio de 2007 às 11:27
Esta é realmente a primeira vez que ouço falar desse tipo de coisa, na verdade desconhecia completamente a existência dessas Rodas dos Expostos.


De marlenemaravilha a 29 de Maio de 2007 às 14:26
Este blog é um aprendizado! Realmente eu creio que nunca tinha escutado falar nisso! Valeu!
A foto do dia está lindíssima. Parabéns!
abraços e um bom dia


De TiBéu ( Isa) a 29 de Maio de 2007 às 22:31
Até morrer aprender, assim diz o velho ditado, eu aprendi. Deixo um beijo de saudades e de boa noite


De LopesCa a 29 de Maio de 2007 às 23:27
Uma tradição antiga e menos perigosa para as crianças abandonadas.


De Angel a 3 de Maio de 2010 às 10:13
Felicitaciones por el articulo. Creo que en Lagoa en el convento de San Jose existe una Roda dos Expostos. Aún no la pude ver. Saludos cordiales


Comentar post

=>A Foto do dia

=>postas recentes

=> Mudança dos tempos

=> Ponto final

=> 95 Primaveras

=> Festa da Fé_Leiria 2010

=> Coleccionando flores....

=> Passatempo

=> Para onde vais Portugal

=> Os tempos mudam

=> O CÚMULO DA IRONIA .........

=> Anedota da Páscoa

=>arquivos

=> Outubro 2010

=> Julho 2010

=> Maio 2010

=> Dezembro 2009

=> Outubro 2009

=> Abril 2009

=> Fevereiro 2009

=> Janeiro 2009

=> Dezembro 2008

=> Novembro 2008

=> Outubro 2008

=> Maio 2008

=> Abril 2008

=> Março 2008

=> Fevereiro 2008

=> Janeiro 2008

=> Dezembro 2007

=> Novembro 2007

=> Outubro 2007

=> Setembro 2007

=> Julho 2007

=> Junho 2007

=> Maio 2007

=> Abril 2007

=> Março 2007

=> Fevereiro 2007

=> Janeiro 2007

=> Dezembro 2006

=> Novembro 2006

=> Outubro 2006

=> Setembro 2006

=> Março 2006

=>pesquisar

 

=>Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


=>A passagem do dia

=>A citação

=>Escreva-me: pdivulg@sapo.pt

=>O Tempo por cá

=>Fases da lua


moon phases
 

=>Contador

=>mais sobre mim


=> Perfil

=> seguir perfil

. 6 seguidores

=>tags

=> todas as tags

=>O meu selo

PDivulg

SAPO Blogs

=>subscrever feeds