=>Carpe diem quam minimum credula postero

Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007

Namorar, ou curtir?

A Net tem blogs muito interessantes e nesta semana “brindada” pelo São Valentim achei interessante divulgar este texto que tirei deste blog que está parado desde 2005, com pena minha.
Aqui fica:
 
Sendo esta uma coluna sobre e para jovens decidi sentar-me e conversar com alguns adolescentes (quatro rapazes e quatro raparigas) e conversar sobre os diversos conceitos “curtir”, “andar” e “namorar”.
Todos concordaram com o facto dos termos “curtir” e “andar” não envolverem compromisso, ao contrário do “namorar”, mas estabeleceram diferenças. O primeiro destina-se a classificar envolvimentos casuais, como é o caso das “curtes” nas festas, saídas, discotecas... Já o segundo também não exige envolvimento emocional, mas é um pouco mais longo que o primeiro. Mesmo assim, tanto o rapaz como a rapariga são livres de “andar” com várias pessoas ao mesmo tempo.
Quando namoram, os jovens assumem um compromisso e os laços afectivos estão presentes. Neste caso, o mais importante não é propriamente o envolvimento físico, mas o emocional e o casal não sente necessidade de procurar outras companhias.
Alguns dos jovens presentes também assumiram a sua preocupação relativamente aos pais, que não aceitavam os seus relacionamentos. Por isso mesmo, a maior parte dos adolescentes não conta aos progenitores que está a namorar ou a curtir com alguém. Este é assim, um assunto tabu entre pais e filhos, já que os mais velhos não estão preparados nem habituados, na maioria das vezes, a lidar com situações destas. Contudo, e apesar das reticências normais dos pais, é absolutamente necessário que estes tentem entender a realidade dos nossos dias, principalmente para que possam aconselhar as suas “crianças” para os perigos que estão inerentes a estas situações, tão normais nas suas idades.
As posições relativamente a estes tipos de relacionamento também variam. Os rapazes preferem as “curtes”, pois querem ficar livres para conhecer várias raparigas, ao contrário destas, que gostam muito mais da ideia de passarem horas a arranjar-se para ficarem bonitas e atraentes, de forma a agradarem aos rapazes.
Outro assunto abordado foi a primeira vez. Sobre isto, os rapazes foram muito mais reservados, mas assumiram que, a partir de uma certa idade, esta é uma ideia presente tanto num namoro como numa curte. Já as raparigas concordaram que este é um passo muito importante e todos chegaram à conclusão que é necessário haver uma certeza enorme, bem como respeito e confiança. Há uns anos atrás, as raparigas também tinham medo que os rapazes as deixassem depois da primeira relação sexual, mas actualmente estes estão mais conscientes, provavelmente pela prevenção efectuada em muitos locais, nomeadamente nas escolas, sobre as doenças sexualmente transmissíveis (DST’s) e procuram, tal como as raparigas, manter uma relação estável e o mais tarde possível.
Um aspecto ainda negativo, apesar de toda a informação disponível, é o medo de falar com os pais sobre este tema, o que leva muitas jovens a procurar o conselho de colegas ou amigas que também não dispõem da informação mais correcta e as elucidam de forma pouco certa, conduzindo, por vezes, a situações de gravidez precoce. Este é outro motivo pelo qual as adolescentes adiam a sua primeira vez.
Concluindo, é muito importante que os pais, se se aperceberem que os seus filhos têm vergonha ou medo de falar com eles sobre os seus relacionamentos, procurem estabelecer um diálogo sério e não proibitivo, porque “o fruto proibido é o mais desejado”. Não tentem controlar os seus sentimentos nem as suas acções porque eles vão com certeza continuar a namorar, a sair e a “curtir”. O mais recomendado é, sim, aconselhá-los e fazê-los ver que estão a crescer e que não podem seguir somente os seus impulsos, mas principalmente devem ter em atenção a realidade actual. Conversem com eles, não se esqueçam que já passaram por esta fase e que, embora não namorassem como hoje em dia, também já sentiram estes medos e, com certeza, tiveram dúvidas que não conseguiram colocar aos vossos pais. E, jovens, vivam mas pensem no dia de amanhã!

by pdivulg às 00:58
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Galeriacores1 a 13 de Fevereiro de 2007 às 12:23
As mudanças sociológicas que actualmente se verificam nos relacionamentos juvenis denotam, em meu entender, um desvio doentio das normas que acaba por ser prejudicial para ambos os sexos. Refiro-me concretamente às consequências que aparecem mais tarde após o matrimónio. Pelo que se sabe, em Portugal, existem quase tantos casamentos para tantos divórcios. É evidente que isto é um mal que afecta toda a nossa sociedade. Essa tendência egoísta dos jovens de fugir ao compromisso não pode de forma alguma conduzir ao amor e estes, estou convencido, acabam por nunca o descobrir nas suas vidas.


De lurainbow a 13 de Fevereiro de 2007 às 14:06
:) Amigos coloridos afinal c este desafio vou conhecendo n de blog´s BESTIAIS como o seu .
Beijinhos coloridos


De TiBéu ( Isa) a 13 de Fevereiro de 2007 às 16:07
Entre o namorar e o curtir a diferênça é muito grande como sabes. Hoje parece que a maoiria dos jovens vão curtindo e não namorando, que pene , pois não conseguem ir começando a construir uma relação. Motivo de muitas separações. Bj


De sem discussao a 13 de Fevereiro de 2007 às 22:27
Sim, são modas ....até me fazem entrar aqui nos blogs, o que eu penso sobre o "curtir" ou "amigos coloridos" ou ainda namoro...ahahaha...daí aquele video.
Mas, acho que tudo isto é fruto da sociedade em que estamos inseridos. :)


Comentar post

=>A Foto do dia

=>postas recentes

=> Mudança dos tempos

=> Ponto final

=> 95 Primaveras

=> Festa da Fé_Leiria 2010

=> Coleccionando flores....

=> Passatempo

=> Para onde vais Portugal

=> Os tempos mudam

=> O CÚMULO DA IRONIA .........

=> Anedota da Páscoa

=>arquivos

=> Outubro 2010

=> Julho 2010

=> Maio 2010

=> Dezembro 2009

=> Outubro 2009

=> Abril 2009

=> Fevereiro 2009

=> Janeiro 2009

=> Dezembro 2008

=> Novembro 2008

=> Outubro 2008

=> Maio 2008

=> Abril 2008

=> Março 2008

=> Fevereiro 2008

=> Janeiro 2008

=> Dezembro 2007

=> Novembro 2007

=> Outubro 2007

=> Setembro 2007

=> Julho 2007

=> Junho 2007

=> Maio 2007

=> Abril 2007

=> Março 2007

=> Fevereiro 2007

=> Janeiro 2007

=> Dezembro 2006

=> Novembro 2006

=> Outubro 2006

=> Setembro 2006

=> Março 2006

=>pesquisar

 

=>Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


=>A passagem do dia

=>A citação

=>Escreva-me: pdivulg@sapo.pt

=>O Tempo por cá

=>Fases da lua


moon phases
 

=>Contador

=>mais sobre mim


=> Perfil

=> seguir perfil

. 6 seguidores

=>tags

=> todas as tags

=>O meu selo

PDivulg

SAPO Blogs

=>subscrever feeds