=>Carpe diem quam minimum credula postero

Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2007

14 verdades Parte III

7 –E  QUANDO A MULHER NÃO TEM CONDIÇÕES ECONÓMICAS PARA CRIAR UM FILHO?
Quem  somos  nós  para  decidir  quem  deve  viver  ou  morrer?  Para  decidir  quem  será  ou  não feliz por causa das condições no momento do nascimento? O destino de cada um é uma surpresa, basta ver  quantas estrelas  milionárias do  futebol  vieram  de  bairros  de  lata.  Deviam  ter sido  abortadas?  Uma  mãe com  dificuldades precisa de  ajuda para  criar  os seus  filhos, abortar  mantê-la-á  na  pobreza  e na ignorância, o que só leva ao aborto repetido. 
8 – MAS TEM QUE SE ACABAR COM O ABORTO CLANDESTINO…
É  verdade,  temos  mesmo  é  que  acabar  com  o  aborto,  que  ninguém  pense  que  precisa  dele, mas  a  despenalização  não  ajuda  em  nada  à  sua  abolição.  Em  todos  os  países,  após  a  despenalização aumentou muito o aborto legal (segundo a Eurostat, no Reino Unido 733%, por ex.), mas não diminuiu o aborto clandestino,  pois a lei não  combate as  suas  causas (quem quer esconder  a  sua  gravidez não a quer revelar no
hospital, por exemplo).
 
 E após os prazos legais regressa tudo à clandestinidade. 
A  diminuição  do  aborto  passa  por  medidas  reais  e  positivas  de  combate  às  suas  causas,  e  não  há  melhor forma de ajudar os governos a demitirem-se destas prioridades do que despenalizando o aborto. 
O  que  importa  é  ajudar  a  ver  as  situações  pelo  lado  positivo  e  da  solidariedade,  e  não  deixar  que  muitas mulheres se  vejam desesperadamente  sós em momentos  extremamente difíceis das suas vidas. É preciso que elas  saibam  que  há  sempre  uma  saída  que  não  passa  pela  morte  de  ninguém,  e que  há  muitas instituições e pessoas de braços abertos para as ajudarem.
9 - A DESPENALIZAÇÃO SERIA SÓ PARA AS MULHERES?
Não.  A  despenalização  abrange  todos:  médicos,  pessoas  com  fortes  interesses  económicos  nesta prática, pessoas que induzem ao aborto…. Pessoas que na lei de 1984/97 tinham penas muito mais pesadas que  a  própria  mulher.  As  leis  pró-aborto  abrem  as  portas  ao  grande  negócio  das  Clínicas Privadas  Abortivas  e  aos  acordos para  o Estado pagar  esses  serviços, enquanto os  verdadeiros doentes esperam anos para serem atendidos sem terem direito a essas regalias.

tags: , ,

by pdivulg às 00:29
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De sem-discussao a 31 de Janeiro de 2007 às 11:19
Dia 11 é um passo importante. Mas, sabes o que eu acho ? que o governo arranja estes referendo para entreter o povo.
Quanto há minha opinião a respeito do assunto, abortos sempre houveram e sempre haverá , o que não nunca houve foram condições para os fazer e isso não quer dizer que sou a favor de tal coisa. Afinal, não é um processo fácil e penso que com a liberalização do aborto, ficará registado quantas mulheres o fazem no nosso país, sem falar nas condições humanas...etc.


De Galeriacores1 a 31 de Janeiro de 2007 às 12:35
A mera intenção de assegurar os direitos da mulher enquanto as crianças indefesas são vítimas do aborto constitui uma falácia sem qualquer fundamento lógico.


De perdida a 1 de Fevereiro de 2007 às 13:08
Olá mais uma vez voltei a este blog e como o tema interessa a todos acho k nao podias estar mais certo principalmente knd usam a ~desculpa de falta de condiçoes para justificar tal crime.... mt bom mesmo
Adorei
vou voltar
bjhs fica bem


Comentar post

=>A Foto do dia

=>postas recentes

=> Mudança dos tempos

=> Ponto final

=> 95 Primaveras

=> Festa da Fé_Leiria 2010

=> Coleccionando flores....

=> Passatempo

=> Para onde vais Portugal

=> Os tempos mudam

=> O CÚMULO DA IRONIA .........

=> Anedota da Páscoa

=>arquivos

=> Outubro 2010

=> Julho 2010

=> Maio 2010

=> Dezembro 2009

=> Outubro 2009

=> Abril 2009

=> Fevereiro 2009

=> Janeiro 2009

=> Dezembro 2008

=> Novembro 2008

=> Outubro 2008

=> Maio 2008

=> Abril 2008

=> Março 2008

=> Fevereiro 2008

=> Janeiro 2008

=> Dezembro 2007

=> Novembro 2007

=> Outubro 2007

=> Setembro 2007

=> Julho 2007

=> Junho 2007

=> Maio 2007

=> Abril 2007

=> Março 2007

=> Fevereiro 2007

=> Janeiro 2007

=> Dezembro 2006

=> Novembro 2006

=> Outubro 2006

=> Setembro 2006

=> Março 2006

=>pesquisar

 

=>Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


=>A passagem do dia

=>A citação

=>Escreva-me: pdivulg@sapo.pt

=>O Tempo por cá

=>Fases da lua


moon phases
 

=>Contador

=>mais sobre mim

=>tags

=> todas as tags

=>O meu selo

PDivulg

blogs SAPO

=>subscrever feeds