=>Carpe diem quam minimum credula postero

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2006

Enxertos de Paulo Coelho

 

"O primeiro sintoma de que estamos matando nossos sonhos é a falta de tempo. As pessoas mais ocupadas têm tempo para tudo. As que nada fazem estão sempre cansadas."

 

"O segundo sintoma da morte de nossos sonhos são nossas certezas. Porque não queremos olhar a vida como uma grande aventura a ser vivida, passamos a nos julgar sábios no pouco que pedimos da existência. E não percebemos a imensa Alegria que está no coração de quem está lutando."

 

"O terceiro sintoma da morte de nossos sonhos é a Paz. A vida passa a ser uma tarde de domingo, sem nos pedir grandes coisas e sem exigir mais do que queremos dar." 

  

"Quando renunciamos aos nossos sonhos e encontramos a paz, temos um pequeno período de tranqüilidade. Mas os sonhos mortos começam a apodrecer dentro de nós e a infestar todo o ambiente em que vivemos. O que queríamos evitar no combate, a decepção e a derrota, passa a ser o único legado de nossa covardia."

 

"O verdadeiro caminho da sabedoria pode ser identificado por apenas três coisas: precisa ter amor, deve ser prático, e pode ser trilhado por qualquer um."

 
O Diário de Um Mago


by pdivulg às 00:27
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Regina a 23 de Novembro de 2006 às 01:41
Oi Paulo!
O sonho é o desejo da alma que está adormecido, precisando apenas despertar.
Que as luzes, as cores e a alegria reinante nesse dia, a envolvam de lindos sonhos.
Um dia de paz e de realizações saudáveis, eis o que desejo a você.
Um abraço.
Regina


De Secreta a 23 de Novembro de 2006 às 08:29
Eu , pessoalmente , aprecio a escrita de Paulo Coelho por isso acho excelente esta tua escolha :)
Beijito.


De Ver para crer a 23 de Novembro de 2006 às 14:26
Concordo com quase todos os pensamentos de Paulo Coelho.
Fixei este: "As pessoas mais ocupadas têm tempo para tudo. As que nada fazem estão sempre cansadas".


De O Outro a 23 de Novembro de 2006 às 19:21
Sábias palavras!


De soaresesilva a 23 de Novembro de 2006 às 19:40
Fiquei aqui longos minutos a ler os teus textos com que muito me identifico. Os pensamentos de hoje, então, deram muita matéria para meditar.


De sem discussao a 23 de Novembro de 2006 às 20:02
São realmente frases sábias. Mas infelizmente, não gosto desse escritor.


De Galeriacores1 a 23 de Novembro de 2006 às 21:51
Que grande verdade


De gutter a 3 de Dezembro de 2006 às 18:38
Só dois pequenos reparos: onde está "enxertos" devia estar "excertos", são coisas diferentes. E falta um acento ali no "pára" do "O tempo não para... Aproveite-o bem.", que acho que devia ser corrigido já que é a primeira coisa que se vê quando entramos no blog.

Tenha um bom dia.

(esteja à vontade para apagar este comentário)


Comentar post

=>A Foto do dia

=>postas recentes

=> Mudança dos tempos

=> Ponto final

=> 95 Primaveras

=> Festa da Fé_Leiria 2010

=> Coleccionando flores....

=> Passatempo

=> Para onde vais Portugal

=> Os tempos mudam

=> O CÚMULO DA IRONIA .........

=> Anedota da Páscoa

=>arquivos

=> Outubro 2010

=> Julho 2010

=> Maio 2010

=> Dezembro 2009

=> Outubro 2009

=> Abril 2009

=> Fevereiro 2009

=> Janeiro 2009

=> Dezembro 2008

=> Novembro 2008

=> Outubro 2008

=> Maio 2008

=> Abril 2008

=> Março 2008

=> Fevereiro 2008

=> Janeiro 2008

=> Dezembro 2007

=> Novembro 2007

=> Outubro 2007

=> Setembro 2007

=> Julho 2007

=> Junho 2007

=> Maio 2007

=> Abril 2007

=> Março 2007

=> Fevereiro 2007

=> Janeiro 2007

=> Dezembro 2006

=> Novembro 2006

=> Outubro 2006

=> Setembro 2006

=> Março 2006

=>pesquisar

 

=>Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


=>A passagem do dia

=>A citação

=>Escreva-me: pdivulg@sapo.pt

=>O Tempo por cá

=>Fases da lua


moon phases
 

=>Contador

=>mais sobre mim


=> Perfil

=> seguir perfil

. 6 seguidores

=>tags

=> todas as tags

=>O meu selo

PDivulg

SAPO Blogs

=>subscrever feeds