=>Carpe diem quam minimum credula postero

Sexta-feira, 30 de Novembro de 2007

Relatividade

Moisés disse: a Lei é TUDO...
Jesus disse: o Amor é TUDO...
Marx disse: o Capital é TUDO...
Freud disse: o Sexo é TUDO...
...
e veio Einstein e disse: TUDO é relativo...
 
Pois é!... Bom fim de semana!
 
 

Quinta-feira, 29 de Novembro de 2007

Palavras descuidadas

Desconheço o autor:
 
 
Uma palavra descuidada pode disparar um conflito
Uma palavra cruel pode arruinar uma vida
Uma palavra amarga pode instalar ódio
Uma palavra brutal pode ferir e matar
 
Uma palavra alegre pode iluminar o dia
Uma palavra generosa pode aplainar o caminho
Uma palavra na hora certa pode diminuir a tensão
Uma palavra amorosa pode curar e santificar !
 
Ao invés de apontar um dedo crítico,
estenda uma mão que auxilie.
 
Lembre-se:
 
A paciência é uma árvore de raiz amarga,
 porém, de frutos caprichosamente doce!
 
 

Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

Top chacina

Há pouco tempo vi numa revista um Top macabro intitulado o “Top 10 dos piores crimes contra a humanidade” os números são assustadores... Tanta violência de gente contra gente apenas por razões sem razão...

 

 

-10º  Hererós e Namaquas entre 1907-1907, 75.000 pessoas afectadas pelos Alemães na região onde fica hoje a Namíbia---

-9º Timor Leste entre 1975 e 1999, 150.000 pessoas afectadas pelos Indonésios .

-8º Bósnia entre 1992-1995, 200.000 bósnios mortos 2 milhões de refugiados  .

-7º  Revolta Circassiana na última década do século 19, 400.000 mortos 1.2 milhões de exilados pelo império Russo na região do Caucaso e da Chechénia 

-6º Porajmos a caçada aos ciganos entre 1939 e 1945 500.000 Romanis (ciganos) perseguidos pelos Nazis

-5º Massacre em Ruanda em Abril de 1997, 700.000 Tutsis mortos 200.000 refugiados, centenas de Hutus mortos pelas milícias Hutus.

-4º Arménia entre 1915 e 1917 1,5 Milhões de Arménios mortos 500.000 deportados pelos Turcos Otomanos.

-3º Camboja entre 1975 e 1979 7.7 Milhões de mortos pelos Kmer Vermelhos

-2º Genocidio Ucraniano entre 1932 e 1933 3 Milhões de Ucranianos Mortos a mando de Staline.

-1º Holocausto Judeu entre 1939 e 1945 6 Milhões de Judeus massacrados pelos Nazis.

 

Fora muitos outros é arrepiante a maldade do ser humano!

 


Terça-feira, 27 de Novembro de 2007

Engavetar um filho

Em 29 de Maio NESTE Post falei da “roda dos expostos”, segundo o jornal Sol na Bélgica um bebé foi abandonado numa gaveta duma instituição. Um recém-nascido foi confiado a uma associação de apoio a mães em dificuldade em Anvers, no Norte da Bélgica, graças a um sistema de 'gaveta de bebés', que permite o abandono anónimo e em segurança.

 

O anonimato dá coragem para fazer o que conscientemente se recusa...

Em tempos de avanços tecnológicos, num País europeu ainda é necessário recorrer a artefactos medievais para se “descartar” de um filho.

 

tags:

Domingo, 25 de Novembro de 2007

Dilúvio

Este fim de semana vi um filme baseado no episódio bíblico da arca de Noé, e nem de propósito encontro uma notícia no jornal Sol em que cientista Britânicos terão descoberto provas de que o dilúvio terá mesmo existido e acontecido. Diz o jornal:

 

  Dilúvio da Arca de Noé potenciou agricultura na Europa. A origem da alegoria bíblica da Arca de Noé parece estar relacionada com uma inundação ocorrida há 8300 anos, tendo contribuído para o desenvolvimento da agricultura, afirmam investigadores

«Quando ocorreu a inundação, as práticas agrícolas parecem ter parado, mas foram restabelecidas uma geração depois por todo o continente», concretiza um dos investigadores.

A ligação ao relato bíblico surge pois parece ter-se dado um fenómeno de destruição generalizada com características semelhantes às relatadas no Génesis.

Segundo o mesmo cientista, «alguns investigadores sugerem que a arca de Noé surgiu devido à inundação no Mar Negro, no final da última era glaciar» e, tendo em conta as características geográficas da região, quem «vivesse naquele local poderia ter a impressão de que todo o mundo estava inundado».

 

O Génesis deve ser lido não como um livro histórico, mas como um livro onde Deus se revela aos homens e mulheres através do seu autor que não se sabe ao certo quem terá sido mas que foi escrito 1500 anos antes de Cristo!

 Para mim pouco me importa se de facto houve ou não dilúvio, prefiro centrar o meu pensamento na parte em que Deus nos molda como o barro nas mãos do oleiro. Deus criou-nos com amor e ternura como o artista em torno da sua obra de arte...

 

Boa Semana!

tags:

Sexta-feira, 23 de Novembro de 2007

Palavras do Bispo Marto

O Bispo de Leiria emitiu uma comunicação aos párocos que está publicada no site da ecclesia destaco aqui alguma frases que me parecem importantes.

 

“Trabalhai menos, trabalhai melhor, trabalhai mais unidos. Rezai mais e mais unidos”...

 

“, é preciso pôr em acção uma pastoral renovada. Esta implica maior colaboração dos padres entre si e com os leigos”

 

“, é necessário repensar a colocação da paróquia tanto na sua relação à Diocese como à comunidade humana em que se insere.”

 

Para reforçar a importância do trabalho e da caminhada em equipa, D. António citou o seguinte provérbio africano: “Se queres chegar depressa, corre sozinho; se queres chegar longe, corre com os outros

 

Palavras que me fazem reflectir...

 

Bom fim de semana.

tags:

Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007

Teste de Português?... Teologia?...

Foto extraída de um teste de Português, mas coitados dos alunos, com escola e catequese não é fácil... :
 

Quarta-feira, 21 de Novembro de 2007

Silêncio

Saber fazer silêncio em determinados momentos da vida é extremamente complicado, no entanto por vezes é a melhor solução... Aqui fica este slide Autor do Slide: Ria Ellwanger
Autor do Texto: Aldo Novak
Imagens: Getty Images   
 
Pense em alguém que seja poderoso...
 
 
Essa pessoa briga e grita como uma galinha, ou olha e silencia, como um lobo?
Lobos não gritam.
Eles têm a aura de força e poder.
Observam em silêncio.
 
 
Somente os poderosos, sejam lobos, homens ou mulheres, respondem a um ataque verbal com o silêncio.
Além disso, quem evita dizer tudo o que tem vontade, raramente se arrepende por magoar alguém com palavras ásperas e impensadas.
 
 
 
  Exactamente por isso, o primeiro e mais óbvio sinal de poder sobre si mesmo é o silêncio em momentos críticos.
Se você está em silêncio, olhando para o problema, mostra que está pensando, sem tempo para debates fúteis.
 
 
 
Se for uma discussão que já deixou o terreno da razão, quem silencia mostra que já venceu, mesmo quando o outro lado insiste em gritar a sua derrota.
Olhe.
Sorria.
Silencie.
Vá em frente.
 
 
 
Lembre-se de que há momentos de falar e há momentos de silenciar.
Escolha qual desses momentos é o correcto , mesmo que tenha que se esforçar para isso.
 
Por alguma razão, provavelmente cultural, somos treinados para a (falsa) idéia
de que somos obrigados a responder a todas as perguntas e reagir a todos os ataques.
 
Não é verdade !Você responde somente ao que quer responder e reage somente  ao que quer reagir.
Você nem mesmo é obrigado a atender seu telefone pessoal.
 
 
 
 Falar é uma escolha, não uma exigência, por  mais que assim o pareça.
 Você pode escolher o silêncio.
 
 
 
Além disso, você não terá que se arrepender por coisas ditas em momentos impensados, como defendeu Xenócrates , mais de trezentos anos antes de Cristo, ao afirmar:
“ME ARREPENDO DE COISAS QUE DISSE, MAS JAMAIS DO MEU SILÊNCIO".
 
Responda com o silêncio, quando for necessário.
Use sorrisos, não sorrisos sarcásticos, mas reais.
Use o olhar, use um abraço ou use qualquer outra coisa para não responder em alguns momentos.
 
Você verá que o silêncio pode ser a mais poderosa das respostas.
E, no momento certo, a mais compreensiva e real delas.

Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

Da China...

Vi esta imagem num site noticioso e achei a foto engraçada. No entanto o comentário da agência reuters que a explica nada tem de "engraçado"....
 
 
 
Alguns rapazes chineses formam uma fila na casa-de-banho de um infantário em Baokang. A China tem mais 18 milhões de homens em idade marital do que mulheres, resultado do aborto usado para fazer uma selecção por género. Num país que tradicionalmente dá mais valor aos rapazes as mulheres são incentivadas a abortar se estiverem grávidas de raparigas. ©Reuters
tags:

Domingo, 18 de Novembro de 2007

Estaladas?...

No jornal este fim de semana li esta notícia: “Um procurador do Ministério Público de Castro Daire considerava que duas estaladas dadas por um catequista a um menor de 13 anos, que o puseram a sangrar dada a violência do acto, não eram crime e integravam-se no “poder-dever de correcção” que é conferido a quem ministra a catequese.”
 
A procuradora do Ministério Público que ficou encarregada do inquérito afirmou depois que não tinha sido cometido qualquer crime de agressão. Argumentava que as estaladas haviam sido dadas no exercício de um direito, o que era causa de exclusão da ilicitude.

A Relação do Porto, num acórdão extenso onde até se questiona a legitimidade de um castigo corporal dado pelos próprios pais, teve uma posição diferente. Tal como, aliás, já tivera o juiz de primeira instância, que decidira pronunciar o arguido contra o desejo do Ministério Público. “Considero não existir qualquer direito de castigo corporal por parte dos catequistas que possa ser invocado, ... num despacho onde acusava o catequista, do crime de ofensas corporais simples.”
 
Um caso curioso que podem ler aqui e que me deixa sempre perplexo... Segundo consta o catequista deu duas estaladas para manter a ordem , num acampamento, ao ponto de por a sangrar o jovem?!... Ao ser verdade foi um acto de violência inadmissível, ponto final! Mas como não confio a 100% nos jornais, apraz-me esta questão: será que houve mesmo sangue? Violência no acto?... Quem nunca acampou ou esteve com um grupo de jovens adolescentes, no auge das hormonas e onde um ou dois mais “espertalhões” gostam de semear a confusão deixando o monitor do grupo de cabeça virada, terá dificuldades em entender o que é gerir um grupo assim durante a noite, longe da casa dos Pais...
 
 É óbvio que não é com violência que se resolve, seja o que for, muito menos um encontro onde a obrigação do catequista é ser testemunha do amor de Jesus... Mas as nossas catequeses, por vezes, são frequentadas por jovens que não buscam Jesus, e apenas a boa vontade do catequista não é formação suficiente para gerir essas rebeldias inerentes á idade.
 
 Quantas as vezes um simples chamar de atenção aos meninos, não desperta nos progenitores uma sede desforra sobre o responsável? Quantos professores não são ameaçados pelos pais?....
 
 
Como Pai de um adolescente e como catequista de adolescentes que sou, reconheço a grande dificuldade em educar nestas idades, mesmo com formação e ponderação. Mas à chapada é que não... Só com paciência e amor infinito de Jesus.
 
 
Boa semana!
tags:

Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

A escrita vai mudar...

Eu que tenho tanta dificuldade em escrever sem erros (Bem hajam os correctores automáticos!) , segundo parece a partir de janeiro 2008 a escrita vai mudar...
 

- As paroxítonas terminadas em "o" duplo, por exemplo, não terão mais acento circunflexo. Ao invés de "abençôo", "enjôo" ou "vôo", os
brasileiros (e os outros) terão que escrever "abençoo", "enjoo" e "voo";

 

- mudam-se as normas para o uso do hífen no meio das palavras;
O hífen vai desaparecer do meio de palavras, com excepção daquelas em que o prefixo termina em `r´, casos de "hiper-", inter-" e
"super-". Assim passaremos a ter "extraescolar", "aeroespascial" e "autoestrada".

 

- Não se usará mais o acento circunflexo nas terceiras pessoas do plural do presente do indicativo ou do substantivo dos verbo "crer",
"dar", "ler","ver" e seus decorrentes, ficando correta a grafia "creem", "deem", "leem" e "veem";

 

- Criação de alguns casos de dupla grafia para fazer diferenciação, como o uso do acento agudo na primeira pessoa do plural do pretérito
perfeito dos verbos da primeira conjugação, tais como "louvámos" em oposição a "louvamos" e "amámos" em oposição a "amamos";

 

- O trema (brasileiro) desaparece completamente. Estará correto escrever "linguiça", "sequência", "frequência" e "quinquênio" ao invés de lingüiça, seqüência, freqüência e qüinqüênio; 

- O alfabeto deixa de ter 23 letras para ter 26, com a incorporação de "k", "w" e "y"; 

 

- O acento deixará de ser usado para diferenciar "pára" (verbo) de "para" (preposição);

 

- No Brasil, haverá eliminação do acento agudo nos ditongos abertos "ei" e "oi" de palavras paroxítonas, como "assembléia", "idéia",
"heróica" e "jibóia". O certo será assembleia, ideia, heroica e jiboia;

 

- Em Portugal, desaparecem da língua escrita o "c" e o "p" nas palavras onde ele não é pronunciado, como em "acção", "acto", "adopção" e "baptismo". O certo será ação, ato, adoção e batismo; 

 

- Também em Portugal elimina-se o "h" inicial de algumas palavras, como em "húmido", que passará a ser grafado como no Brasil: "úmido";

 

- Portugal mantém o acento agudo no e no o tônicos que antecedem m ou n, enquanto o Brasil continua a usar circunflexo nessas palavras: académico/acadêmico, génio/gênio, fenómeno/fenômeno, bónus/bônus;

 

Fontes: Banco de Dados da Língua Portuguesa ˆ FFCLH USP (2007), Revista Isto É, Folha de São Paulo, Agência Lusa e, Semanário
 
Agora é que vai doer... Bom fim de semana!
tags:

Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

Visita de estudo

 
 
No passado domingo, o nosso grupo do 7º ano foi passear fora das quatro paredes da sala, o tempo estava muito agradável e convidativo. Saímos logo de manhã cedo, alunos e familiares, rumo a Tomar, no total éramos 23 pessoas. Fomos visitar a sinagoga existente que hoje funciona como museu.
 
 
 
 Um templo bem conservado onde ainda se pode ver uma “arca da aliança” que contém a Torá. O respeito pela palavra de Deus é muito grande pois é chamada de Lei na qual os homens se reúnem para a ouvir.
 
 
 
 Depois aproveitando a nossa presença por Tomar fomos até ao Convento de Cristo, antigo monumento dos Templários que hoje é património da humanidade. È magnífico e imponente, com o seu estilo manuelino e cheio de recantos de pedra. Com muitas divisões e pátios é de se perder... Lamento que a zona da charola continue em recuperação e assim não a podemos visitar, mas se a minha memória não me atraiçoa já faz 10 anos que lá tinha ido e já nessa altura aquela bela parte do convento se encontrava fechada para restauro!...
 
 
 
 
 
 
 
 A fome já apertava e num canto da mata envolvente do convento fomos almoçar com vista para o Nabão. Tranquilamente e em convívio até deu para jogarmos uns com os outros.
 
 
 
 
 
Rumamos, já de tarde até Fátima e aí visitamos a capela no interior do “Domus Pacis” de inspiração bizantina. Destaca-se das nossas capelas católicas, pois tem as paredes cheias de ícones dourados (não tem estátuas). Para além de que o altar está dentro de uma divisão, pois tem uma porta e fica assim separada do resto da assembleia. A acústica é impressionante pois tem no seu topo uma cúpula em forma de abóboda oval, tenho pena de não ter tirado uma foto...
 
 
 
 
E claro para acabar em “grande” fomos até ao Santuário ver a nova Igreja (direi Mega-igreja) de Fátima. È grande, aliás muito grande, aliás tudo lá é muito grande. As portas de cor do bronze são enormes, bonitas gostei, lá dentro sentimo-nos esmagados pelo tamanho do espaço. O altar é grande com um painel gigante com imagens dourados muito bonito.
 
 
 
 Mas pela frente tem lá um crucifixo que na minha opinião é de gosto muito duvidoso... O Cristo que lá está retractado é horrível. Olhos esbugalhados gigante, até os dedos dos pés são feios! Não gostei, acho assustador, está ali mal diante de um painel tão bonito e fino  !
 
 
 
Aliás propunha substituir a cruz que está na rua por aquela e vice versa, pois na rua está um crucifixo bem mais interessante do que aquele, mas enfim...
 
 
 
 
Já para não falar da caixinha de esmolas ao pé do altar com um letreiro “Esmolas para a Nossa Senhora” Será que Ela precisa das nossas esmolas?...
 
 
 
 
Passou-se o dia num instante, e já a noite estava a aparecer quando saímos de lá...
Por minha parte foi uma catequese diferente, onde visitamos vários templos, bem que “Deus não habita nos templos construídos pelo Homem”, mas é interessante ver que ao longo da sua história o Homem sentiu necessidade em reunir-se para orar, seja com templos quadrados ou não, com estátuas ou não, mas a reunião num local para o culto é uma constante.
 
 Penso que estas iniciativas serão de repetir.

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

Super Herói

Encontrei na Net uma imagem do meu super-herói preferido:
 

Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Natal

Num País que se diz cada vez mais laico, e longe dos assuntos religiosos, estranho ao ver que já antes do dia 10 de Novembro são muitas as publicidades com cheiro a sinos e a prendas, as lojas já se vestiram de luzes e até casas de algumas pessoas...
  É claro que é bonito, mas o espírito consumista por detrás disto tudo é demasiado gritante...
 
 Coitado do Jesus que nem um quarto teve para nascer...
 
 

Domingo, 11 de Novembro de 2007

A Vida como um todo

Fácil de ler vejam por vocês:
 
Sguedno um etsduo da Uinvesriadde de Cmabgirde, a oderm das lertas nas pavralas não tem ipmortnacia qsuae nnhuema. O que ipmrtoa é que a prmiiera e a utlima lreta etsajem no lcoal cetro. De rseto, pdoe ler tduo sem gardnes dfiilcuddaes... Itso é prouqe o
crebéro lê as pavralas cmoo um tdoo e nao  lreta por lerta.
 
Boa Smeana!

tags:

=>A Foto do dia

=>postas recentes

=> Mudança dos tempos

=> Ponto final

=> 95 Primaveras

=> Festa da Fé_Leiria 2010

=> Coleccionando flores....

=> Passatempo

=> Para onde vais Portugal

=> Os tempos mudam

=> O CÚMULO DA IRONIA .........

=> Anedota da Páscoa

=>arquivos

=> Outubro 2010

=> Julho 2010

=> Maio 2010

=> Dezembro 2009

=> Outubro 2009

=> Abril 2009

=> Fevereiro 2009

=> Janeiro 2009

=> Dezembro 2008

=> Novembro 2008

=> Outubro 2008

=> Maio 2008

=> Abril 2008

=> Março 2008

=> Fevereiro 2008

=> Janeiro 2008

=> Dezembro 2007

=> Novembro 2007

=> Outubro 2007

=> Setembro 2007

=> Julho 2007

=> Junho 2007

=> Maio 2007

=> Abril 2007

=> Março 2007

=> Fevereiro 2007

=> Janeiro 2007

=> Dezembro 2006

=> Novembro 2006

=> Outubro 2006

=> Setembro 2006

=> Março 2006

=>pesquisar

 

=>Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


=>A passagem do dia

=>A citação

=>Escreva-me: pdivulg@sapo.pt

=>O Tempo por cá

=>Fases da lua


moon phases
 

=>Contador

=>mais sobre mim

=>tags

=> todas as tags

=>O meu selo

PDivulg

blogs SAPO

=>subscrever feeds