=>Carpe diem quam minimum credula postero

Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

Que confusão!

Fazer o bem sim, mas não de qualquer maneira...
 
 
 
16 pessoas presas, 103 crianças em choro no Tchad. Nos jornais franceses fala-se de amadorismo da parte da associação. Politicamente a França não se quer envolver em confusões com a sua ex-colonia. Os voluntários da associação, tripulação e pilotos estão agora presos acusados de rapto das crianças para as desviar e introduzir em redes pedófilas europeias... As crianças coitadas, quem viu as imagens fica sem dúvida tocada pelo choro de tanta criança que já sofrem, e continuam a sofrer...
 
Que grande confusão!!
Por isso repito “Fazer o bem sim, mas não de qualquer maneira!”
 
 Bom feriado, bom fim de semana alargado. Comam “bolinhos” ou "pão por Deus" mas com moderação...
 
Aproveitem e até segunda-feira
 

Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

Livro do mês

Este fim de semana finalizei, finalmente, a leitura deste livro.

 

 

 

 

Finalmente porque, a verdade seja dita, tive dificuldades em chegar ao fim. Achei um livro extremamente aborrecido de ler. O autor conta toda a história no presente do indicativo, ocultando pormenores da história como se disso dependesse a nossa vida! Achei ridículo!

Um constante “flasback” de 1978 ao tempo presente, uma espécie de aventura policial, onde se mistura factos mais ou menos reais da história.

 Vemos uma intriga onde encontramos um complô que matou o Papa João Paulo I, com maçonaria no meio, uma heroina envolvida numa luta pela sobrevivência sem culpa nenhuma e uma Igreja cujo objectivo é proteger a sua imagem a qualquer custo, e aqui é mesmo a qualquer custo!

 

 Para mim foi um grande “flop”! Muita parra pouca uva. Muita polémica no lançamento, uma grande campanha de marketing para publicitar mas na sua essência, uma copia rasca do famoso “Código da Vinci”...

 

Sinto-me: enganado!

Domingo, 28 de Outubro de 2007

Lixeira

Más notícias dos jornais regionais do fim de semana!
 
" O Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria indeferiu a providência cautelar interposta pelas Juntas de Freguesia da Barosa, Parceiros e Maceira contra a câmara de Leiria, para a deslocalização do aterro sanitário da Valorlis, como estava previsto no acordo parassocial inicial, estabelecido entre os seis municípios que integram a empresa, que prevê a deslocalização daquela infra-estrutura para Pombal ainda este ano."
 
 
 Os lobis falam mais alto... Infelizmente não me surpreende...
Sinto-me: Grr...

Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

Catolicismo em mudança

Numa longa entrevista à Agência ECCLESIA, D. Carlos Azevedo, Secretário da Conferência Episcopal Portuguesa, analisa as alterações no catolicismo português, que os Bispos apresentarão no Vaticano.
 
Fico satisfeito, por ver que algo se está tentar  fazer em prol de uma possível mudança, atrevo-me a dizer modernização da Igreja Católica em Portugal.

Essa entrevista pode ser lida na íntegra AQUI. È muito interessante recomendo.
 Destaco algumas passagens.
 
.../...
AE - Perante estas constatações, já existe uma reflexão sobre o porquê deste decréscimo da prática dominical?

CA - Na altura - ainda não estava na Conferência Episcopal - houve uma preocupação imediata com a situação e convidou-se algumas personalidades a ajudar os bispos a reflectir sobre esta temática. Parece a época dos incêndios - toda a gente está preocupada na altura - mas, passada essa fase, espera-se pelo ano seguinte. No ano 2010 ou 2011, quando se fizer outro censo, ficaremos preocupados. Até lá ficaremos descansados.
AE - A Igreja está despreocupada com estes pormenores importantes?
 CA - Se as pessoas deixam de frequentar, devemos aprofundar as razões e fazer um programa para que voltem.
AE - Há ou não há reflexão sobre estas questões?
CA - Houve reflexão, mas depois não existiu um conjunto de medidas eficazes e operacionais que atendessem a estes problemas. Podemos dizer que é inevitável - as pessoas têm outras prioridades - mas, daquilo que depende de nós, não se faz muito. As celebrações continuam a ter pouca beleza. Muitas vezes, as homilias são mal preparadas. A música litúrgica não aumenta de qualidade. As propostas de oferta de celebração não são as mais adequadas. Por outro lado, a formação de cristãos com sentido de vida comunitária também é escassa.
.../...
AE - Como não consegue educar correctamente os cristãos, podemos dizer que o clero é mau professor?
CA - A transmissão da fé não passa apenas pelos pastores. Passa por toda a comunidade cristã. É fundamental, na Igreja portuguesa, a urgência da formação de cristãos adultos. Há um investimento grande na catequese da infância e adolescência, mas formar agentes da nova evangelização é mais difícil. É uma das lacunas da Igreja em Portugal.
.../...
AE - Recentemente, disse que «não intervir é pecar». A igreja já viu os problemas mas não consegue dar o salto para a intervenção?
CA - Há uma grande dificuldade de operacionalidade na Igreja em Portugal. Fazem-se análises objectivas e interessantes, mas não há quem dê corpo às soluções apontadas.
.../...
AE - Os documentos pontifícios não são demasiado «pesados» para a pouca formação dos cristãos portugueses?
CA - Depois de publicados, os documentos são explicados nas paróquias. Usa-se uma linguagem simples para criar apetite às pessoas e as fazer entender o conteúdo. Os documentos de Bento XVI são mais fáceis de ler do que os de João Paulo II. Apesar de não termos cristãos preparados é fundamental elevar o nível.
.../...
AE - Não era preferível dar algumas tarefas aos leigos para aliviar o trabalho dos padres?
CA - Os padres devem dedicar-se mais à sua missão específica.
.../...
Espero ver resultados, as preocupações existem, estão referenciadas há que agir!!!
Bom fim de semana!

Quinta-feira, 25 de Outubro de 2007

Faxina na Alma

Lindo texto de Carlos Drummond de Andrade que dedico a todas as pessoas às quais nem sempre a vida sorri,  pois a vida é um sonho planeado desde criança , mas que em adulto por vezes torna-se diferente ...
Particularmente dedicado à Lara.
 
 
 
Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou. Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo, é renovar as esperanças na vida  e o mais importante, acreditar em você de novo.
 
 
 
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado.
 Chorou muito? Foi limpeza da alma.
 Ficou com raiva das pessoas?  Foi para perdoá-las um dia.
 
 
 
Sentiu-se só por diversas vezes?
 É porque fechaste a porta até para os anjos.
 Acreditou que tudo estava perdido?
 Era o início da tua melhora.
 
 
 
Pois é... agora é hora de reiniciar, 
de pensar na  luz,
 de encontrar prazer nas coisas simples de novo.
 
 
 
Um corte de cabelo arrojado, diferente?
Um novo curso,  ou aquele velho desejo de aprender:
 pintar, desenhar, dominar o computador, ou qualquer outra coisa. Olha quanto desafio, quanta coisa nova, nesse mundão de meu Deus  te esperando.
 
 
 
Está se sentindo sozinho? Besteira...
 Tem tanta gente que você afastou  com o seu "período de  isolamento".
 Tem tanta gente esperando,  apenas um sorriso teu, para "chegar" perto de  você.
 
 
Quando nos trancamos na tristeza, nem nós mesmos nos suportamos, ficamos horríveis, o mal humor vai comendo nosso fígado, até a boca fica amarga.
 
 
Recomeçar... 
Hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você quer chegar? Ir alto, sonhe alto. 
Queira o  melhor do melhor. Queira coisas boas para a vida.
Pensando assim trazemos para nós, aquilo que desejamos... 
 
 

 
Se pensamos pequeno, coisas pequenas teremos.
Já se desejarmos fortemente o melhor 
e principalmente lutarmos pelo melhor,
o melhor vai se instalar na nossa vida.
 
 
 
 
E é hoje o dia da faxina mental. Joga fora tudo que te prende ao passado, ao mundinho de coisas tristes: fotos, peças de roupa, papel de bala,  ingressos de cinema, bilhetes de viagens, e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados... Jogue tudo fora.
 
 
 
 
Mas principalmente, esvazie seu coração, fique pronto para a vida, para um novo amor!
Lembre-se somos apaixonáveis, somos sempre capazes de amar
 muitas e muitas vezes.  Afinal de contas, nós somos o "Amor"...
 
 
 
Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.
 
Formatação Karin Izumi
Imagens: Getty Images
TEMPO DE GERMINAR
tags:

Quarta-feira, 24 de Outubro de 2007

Pausa de descontracção

Como nem tudo deve ser levado muito sério hoje fica aqui esta anedota:
 

Porque é que certas pessoas fazem aquele traço horizontal no meio do algarismo 7, que, como aqui se vê, não necessita tê-lo?

Conta a lenda que a multidão que estava reunida aos pés do Monte Horeb para ouvir os 10 mandamentos proclamados por Moisés.

Quando ao chegar ao sétimo mandamento, ele disse em alto e bom som:
-"Não cobiçarás a mulher do próximo!".

A multidão instantaneamente gritou, num sonoro coro:
 -"Corta o sete, corta o sete!"


Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

O que a Net proporciona


No Chile, uma grávida colocou filho à venda na internet. Uma adolescente tentou vender o seu filho, ainda por nascer, através da internet pedindo valores na ordem dos 19 mil dólares (13 mil euros).
 
Desespero? Fome de dinheiro? Falta de Amor?...
tags:

Domingo, 21 de Outubro de 2007

Deus está no ovo...

Esta história  para refelctir parece-me ser uma boa forma para começar a semana!
 

Quando era criança ouvi contar que deus se escondia por todo o lado; nas águas turvas de sabão, nos poços, na folhagem espessa do loureiro ao fundo do jardim, no florir das acácias ou na corola violácea de uma rosa. no entanto, parecia-me que o lugar mais provável era o cimo das árvores -- não sei porquê -- talvez por achar que deus tem de manter uma certa distância da terra, do estrume. Nunca consegui uma explicação para a escolha que fizera: deus escondia-se no cimo das árvores, porque achava um pouco exagerado que ele se encontrasse em tudo e por todo o lado, não era possível. se assim fosse, onde poderíamos nós esconder-nos dele?

 
Subia às árvores e ficava horas a fio acocorado na folhagem, em silêncio esperava que deus se me revelasse.
Um dia surpreendi um melro no ninho e, repentinamente, veio-me à ideia que deus se escondia dentro de um ovo. o melro, coitado, ao ver-me voara assustado. agarrei no ovo e trouxe-o para casa.
Conservei-o guardado muito tempo depois de ser criança, dentro duma caixinha com algodão. Ás vezes vigiava-o durante a noite, até que o esqueci, deixou mesmo de me aparecer em sonhos; o ovo que, julgava eu, continha deus.

 
Anos mais tarde, numa mudança de casa, reencontro a caixa no fundo duma gaveta. O ovo estava aparentemente intacto, mas mal lhe toquei desfez-se, cheirava mal. Deus, com o tempo, também tinha apodrecido no meu coração.

Al Berto, in O Medo, Contexto/Círculo de Leitores

Sexta-feira, 19 de Outubro de 2007

António Lobo Antunes

Li no Jornal Diário de Notícias e também em vários blogs, pois merece a leitura como tal também divulgo trecho dessa entervista, que poderão ler na íntegra Aqui
Bom fim de semana!
 

Como contrariar a morte?
Ela corre mais depressa do que qualquer um de nós e a única coisa que posso fazer para contrariar é escrever, a única duração que posso ter é a que os livros tiverem. E aborrece-me que seja assim, é injusto que seja assim, embora haja momentos em que todos nós desejamos morrer, de desânimo e solidão. Há momentos em que quase temos inveja dos mortos porque a vida nem sempre é agradável e fácil mas, agora depois de ver as pessoas lutarem no hospital, senti que muitos pensamentos que tinha eram indignos perante tanta grandeza.

 

Isso alterou a sua forma de ser?
Eu agora jogo com as cartas para cima, está tudo à vista porque é a única maneira de viver. Demorei anos a perceber porque o conhecimento da vida chega sempre tarde e pensamos que ocultando conseguimos dar boa imagem aos outros. Agora é: eu sou assim! Peguem, larguem, não posso ser amado pelo mundo inteiro embora a sede de amor seja inextinguível.

 

 

Qual é a sua atitude perante Deus?
Existe um velho provérbio húngaro que diz que na cova do lobo não há ateus, por isso julgo que não existe quem não acredite. O nada não existe na física ou na biologia e quando se lêem os grandes físicos entende-se como eram homens profundamente crentes, que chegaram a Deus através da física e da matemática e que falavam de Deus de uma maneira fascinante. A minha relação é a de um espírito naturalmente religioso, cada vez mais, não no sentido desta ou daquela igreja mas porque me parece que a ideia de Deus é óbvia. Cada vez mais o é para mim. É um bocado como diz Einstein, quando afirma que Deus não joga aos dados.

 

 

Como é essa relação?
É claro que me zango com Deus porque permite o sofrimento, mas talvez os seus desígnios tenham tais profundezas que não atinjo. O sofrimento sempre me foi incompreensível porque nascemos para a alegria. A minha atitude em relação à religião é essa, não estou a falar de igrejas, estou a falar em relação a Deus e não acredito quando as pessoas dizem que são agnósticas ou ateias. Não estou a dizer que a pessoa não esteja a ser sincera, mas dentro dela e em qualquer ponto há algo… Uma vez perguntaram ao Hemingway se acreditava em Deus e a resposta foi às vezes, à noite.

 

 

Então à noite também acredita?
Acredito sempre mas a dúvida e pôr constantemente em questão é próprio da fé. Muitas vezes pergunto-me será que existe? É óbvio que sim.

 

Recentemente foram reveladas as dúvidas de madre Teresa sobre a sua própria fé…
Todos os teólogos as tiveram, Sto. Ambrósio dizia "não busco compreender para crer, creio para compreender"; Sto. Agostinho esteve cheio de dúvidas toda a vida e o Sto. António… O mesmo se passa em relação aos livros, pergunto-me será que isto está bem feito? Não é esta palavra ainda, será que é possível fazer aquilo que eu quero fazer ou será demasiado ambicioso?


Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Erradicar a pobreza

Números que ouvi à pouco: "Em Portugal, onde os últimos dados continuam a ser um escândalo – 20 por cento da população é pobre, 40 por cento está em risco de pobreza"
 
Esses 20% correspondem a dois milhões de pessoas.
Na União Europeia, a taxa de pobreza situa-se nos 16%, o que coloca Portugal no top 10 dos estados-membros mais pobres.
 
Para além dos pobres "tradicionais" hoje existem os "novos pobres" .
O problema é que não ganham o suficiente para pagar as contas. Isabel Jonet, directora do Banco Alimentar (BA), diz mesmo que os novos pobres são aqueles que contraíram créditos ou assumiram responsabilidades financeiras que já não conseguem honrar, seja porque perderam o emprego ou porque o custo de vida está cada vez mais elevado.
 
Segundo dados da Eurostat, referentes a 2004, o grupo com mais rendimentos ganha sete vezes mais do que a franja mais desfavorecida.
 
Números para reflectir...
tags:

Quarta-feira, 17 de Outubro de 2007

As melhores sementes!

Agradeço a todos as palavras de carinho que me dirigiram. Fiquem-se com esta linda história de sementes com o lema  “ Para lidar consigo mesmo, use a cabeça. Para lidar com os outros use o coração” 
Texto de Karl Rahner , Imagens: Google e Getty Images e Autor do slide: Carminha
 
 
 
Um empresário agricultor, de pouco estudo, participava todos os anos da principal feira de agricultura da sua cidade.
O que acontecia de mais extraordinário é que ele sempre ganhava, ano após ano, o troféu: MILHO DO ANO.
Entrava com seu milho na feira e saía com a faixa azul recobrindo seu peito. 
O seu milho era cada vez melhor.
 
Em uma ocasião dessas, um repórter do jornal abordou o empresário após tradicional colocação da faixa de campeão!
 
Ele ficara muito intrigado com a revelação do empresário de como ele costumava cultivar seu qualificado e valioso produto.
O repórter descobriu que o fazendeiro compartilhava boa parte das melhores sementes da sua plantação de milho com os seus vizinhos.
 
 
 
- Como pode o senhor compartilhar suas melhores sementes com seus vizinhos, quando eles estão competindo directamente com o senhor?
O fazendeiro respondeu:
- Você não sabe?  É simples.
 
O vento apanha o pólen do milho maduro e o leva de campo para campo.
Se meus vizinhos cultivarem milho inferior ao meu, a polinização degradará continuamente a qualidade do meu milho.
Se eu quiser cultivar milho bom, eu tenho que ajudá-los a cultivar o melhor milho, cedendo a eles as melhores sementes.
 
 
 
MORAL DA HISTÓRIA:
 
Aqueles que escolhem estar em paz devem fazer com que seus vizinhos estejam em paz.
Aqueles que querem viver bem têm de ajudar os outros para que vivam bem.
Aqueles que querem ser felizes têm de ajudar os outros a encontrar a felicidade, pois o bem-estar de cada um está ligado ao bem-estar de todos.
Você já parou para pensar que todos nós somos importantes uns para os outros e que para vivermos bem nós dependemos uns dos outros?
Espero que você também consiga ajudar seus vizinhos a cultivar cada vez mais as melhores sementes, os melhores milhos e as melhores amizades.
 
 
 
 
 
Obrigado a todos!

Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

3 anos a blogar

 
 

Foi no dia 16 de Outubro de 2004 que fiz o meu  primeiro post Aqui, desde então nunca mais parei. Começando com um projecto mais associado ao grupo de jovens “Laços Azuis” e agora com o meu “Pdivulg” um espaço mais pessoal onde expresso o que sinto no mundo que me rodeia e que já vai em 23.000 acessos desde a sua criação.

 Sem dúvida que é um vício, mas esta janela é uma forma de transmitir a quem me lê as minhas preocupações, as minhas vivências na comunidade de Pernelhas. Através dos comentários venho enriquecer os meus conhecimentos e analisar opiniões que nem sempre tem de ser concordantes. Tento através desta página transmitir optimismo, fé e esperança, mas também inquietações ou mesmo discordância. Pois nem tudo é perfeito, e por vezes há que gritar, e aqui grita-se para o mundo ouvir. Pois até Jesus sentiu necessidade de pegar num chicote e expulsar  os vendedores do templo.

 Alguém disse uma vez que aqui nos blogs reina a verdadeira democracia. Acredito que sim. Nem sempre da forma mais cuidada ou com a linguagem mais correcta, mas como projecto amador dificilmente se poderia ter mais, tanto mais que não sou possuidor de nenhum canudo linguístico.

 

Bem hajam a todos vocês que tem a paciência de me visitar neste mundo virtual, que pouco de virtual tem...

 

 Paulo (Pdivulg)


Segunda-feira, 15 de Outubro de 2007

Blog Action Day

Hoje dia 15 é dia de acção dos blogs. Tem por objectivo que os blogueiros de toda a rede se unam para falar sobre um único assunto importante em todo o mundo. Em 2007 o assunto escolhido é o "meio ambiente".
 
 
 
Associei-me a esta iniciativa e como tal acho que a melhor voz para este tema foi eleita na passada sexta-feira, quando a academia Nobel nomeou o Sr. Al Gore e o comité da ONU para Nobel da paz.
O Planeta não pode esperar mais! Todos temos a nossa parte a fazer, para respeito do nosso planeta.
Recomendo que vejam o documentário sobre o aquecimento global que este Senhor realizou, é realmente alarmante...
 
O Planeta necessita.
 


Sexta-feira, 12 de Outubro de 2007

A Arte de não adoecer

Para o fim de semana ficam aqui estas propostas para nos manter saudáveis do Dr. Dráuzio Varella.
Elaboração de Sandra Gomes e Luana Rodrigues.
Se não quiser adoecer:
 
 
 

 
1- Fale dos seus sentimentos
Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna.
Com o tempo, repressão de sentimentos degenera até ao cancro. Vamos desabafar, confidenciar, partilhar intimidades, segredos, pecados. Diálogos, falas, palavras são poderosos remédios, excelente terapia.
 
 
2- Tome decisão
A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros.
As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.
 
 
3- Busque soluções
Pessoas negativas não descobrem soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos.
O pensamento negativo gera energia negativa, que se transforma em doença.
 
 
4- Não viva de aparências
Quem esconde a realidade, finge, faz pose, quer sempre dar impressão de que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho, está acumulando toneladas de peso, uma estátua de bronze com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas, ter muito verniz e pouca raiz.
Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.
 
 
5- Aceite-se
A rejeição a si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores.
Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.
 
 
6- Confie
Quem não confia não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria ligaçõesprofundas, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança não há relacionamento.
A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.
 
 
7- Não viva sempre triste
O bom humor, a risada, o lazer e a alegria recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive. O bom humor nos salva das mãos do doutor.
Alegria é saúde e terapia.
 
 
Tenha um fim de semana saudável e feliz!!!

Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007

Democracia o que se passa?

O primeiro ministro é recebido com apupos, ele em tom irónico diz que é normal...  No entanto os professores estão indignados, pois a polícia ao estilo “PIDE” foi averiguar na véspera o que se iria passar...

 

 O jornalista José Rodrigues dos Santos denunciou interferências do governo nas nomeações de correspondentes da RTP e agora vai ser despedido...

 

 Catalina Pestana denuncia que os abusos da casa Pia continuam, por outro lado o julgamento nunca mais acaba...

 

Etc...

 

 

Que democracia é esta?


=>A Foto do dia

=>postas recentes

=> Mudança dos tempos

=> Ponto final

=> 95 Primaveras

=> Festa da Fé_Leiria 2010

=> Coleccionando flores....

=> Passatempo

=> Para onde vais Portugal

=> Os tempos mudam

=> O CÚMULO DA IRONIA .........

=> Anedota da Páscoa

=>arquivos

=> Outubro 2010

=> Julho 2010

=> Maio 2010

=> Dezembro 2009

=> Outubro 2009

=> Abril 2009

=> Fevereiro 2009

=> Janeiro 2009

=> Dezembro 2008

=> Novembro 2008

=> Outubro 2008

=> Maio 2008

=> Abril 2008

=> Março 2008

=> Fevereiro 2008

=> Janeiro 2008

=> Dezembro 2007

=> Novembro 2007

=> Outubro 2007

=> Setembro 2007

=> Julho 2007

=> Junho 2007

=> Maio 2007

=> Abril 2007

=> Março 2007

=> Fevereiro 2007

=> Janeiro 2007

=> Dezembro 2006

=> Novembro 2006

=> Outubro 2006

=> Setembro 2006

=> Março 2006

=>pesquisar

 

=>Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


=>A passagem do dia

=>A citação

=>Escreva-me: pdivulg@sapo.pt

=>O Tempo por cá

=>Fases da lua


moon phases
 

=>Contador

=>mais sobre mim


=> Perfil

=> seguir perfil

. 6 seguidores

=>tags

=> todas as tags

=>O meu selo

PDivulg

SAPO Blogs

=>subscrever feeds