=>Carpe diem quam minimum credula postero

Sexta-feira, 30 de Março de 2007

A arte da Fé

Para o fim de semana deixo um texto bonito da Letícia Thompson, imagens da Net.
 
 
Ter fé é banir da vida o “e se?” e caminhar com a cabeça erguida, sem olhar para trás e nem para os lados; é ter a convicção de que aconteça o que acontecer, o objetivo será atingido.
 
 
 

Há quem pense que ter fé é se jogar num buraco escuro, sem saber o que o espera embaixo; mas é exatamente o contrário. Quem tem fé se joga no buraco escuro sim, mas ele sabe, através dos olhos espirituais, o que o espera e não duvida disso; ele constrói sua arca com a certeza que a chuva virá; ele abre os olhos para a promessa e fecha os ouvidos para os que tentam
fazê-lo desistir com dúvidas; ele anda sobre as águas e sente terra firme sob os pés; ele vê saídas e continua a caminhar onde outros desistiram.
 
 
 
 
Temos fé quando temos a certeza absoluta que não estamos sós. Sabemos que uma Mão nos guia, Braços nos esperam e isso nos reconforta.
Perdemos bênçãos por que no meio do caminho, principalmente se este for longo, começamos a questionar. Mas não é fácil pra ninguém manter-se em posição de fé quando tudo parece contrário ao que se espera.
 
 
 

As pessoas mais próximas de Jesus duvidaram. Pedro começou a afundar ao andar sobre as águas, os discípulos todos entraram em pânico por causa de uma tempestade, mesmo sabendo o Mestre do lado e Tomé quis tocar a ferida com as próprias mãos.
 
 
 
Somos assim, nós, incrédulos, porque somos por demais materialistas. Fôssemos mais espirituais e nossa vida seria diferente. Quem só acredita naquilo que vê, só experimenta daquilo que vê; quem acredita em Deus, experimenta a diversidade de bênçãos que Deus coloca a nossa disposição.
 
 
 

A fé é um exercício diário de confiança em Deus e é o resultado da convivência com Ele. Só que Deus não é um Deus que impõe. A nós cabe a busca.
Quem já tem fé planta em desertos e vê campos floridos.
Quem não tem, peça que Deus dá com alegria.
 
 
Bom fim de semana!
tags:

Quinta-feira, 29 de Março de 2007

Um poema, quase uma oração

Foto de Pedro Palma
 
 
Poema da Prosperidade
 

Nem a tristeza, nem a desilusão
Nem a incerteza, nem a solidão
NADA ME IMPEDIRÁ DE SORRIR.
Nem o medo, nem a depressão,
Por mais que sofra meu coração,
NADA ME IMPEDIRÁ DE SONHAR. 
Nem o desespero, nem a descrença,
Muito menos o ódio ou alguma ofensa,
NADA ME IMPEDIRÁ DE VIVER.
Mesmo errando e aprendendo,
Tudo me será favorável,
Para que eu possa sempre evoluir
Preservar, servir, cantar,
Agradecer, perdoar, recomeçar...
QUERO VIVER O DIA DE HOJE
COMO SE FOSSE O PRIMEIRO,
COMO SE FOSSE O ÚLTIMO,
COMO SE FOSSE O ÚNICO.
Quero viver o momento de agora
Como se ainda fosse cedo,
Como se nunca fosse tarde.
Quero manter o otimismo,
Conservar o equilíbrio,
Fortalecer a minha esperança,
Recompor minhas energias,
Para prosperar na minha missão
E viver alegre todos os dias.
Quero caminhar na certeza de chegar,
Quero lutar na certeza de vencer,
Quero buscar na certeza de alcançar,
Quero saber esperar
Para poder realizar os ideais do meu ser.
ENFIM,Quero dar o máximo de mim,
para viver intensamente e maravilhosamente
TODOS OS DIAS DA MINHA VIDA.
 
Luana

Quarta-feira, 28 de Março de 2007

Fé versus tradição

 
 
A Fé é uma opção pessoal, que dificilmente se explica mas que se sente no coração. Seja qual for Católica, Protestante, Judia ou outra deve servir como alimento para a vida e é bom que o estado esteja separado dessas questões transcendentes.
 
 Estamos a caminho da Páscoa e nesta época por tradição, em muitas terras se fazem celebrações populares nas ruas chamadas “Via Sacra” onde se evocam os passos dolorosos que Jesus passou até à cruz. Tem-se dramatizado por muitos lugares estes acontecimentos, eu mesmo estive vários anos envolvido com grupos de Jovens na realização dessas celebrações, onde através do teatro, conseguimos reviver de uma forma mais presente os acontecimentos de Jesus. Relembro um desses trabalhos que realizei com o grupo Laços Azuis, onde em vários locais da freguesia de Parceiros levamos uma dramatização, acompanhada ao som do Frei Hermano da Câmara, que levou muita gente às lágrimas, porque nesse momento o sofrimento de Jesus estava a ser sentido por toda a assistência, que rezava e nos acompanhava naqueles passos.
 
 No entanto com o passar do tempo, parece-me que essa dramatização passou para o plano apenas do espectáculo. Onde uma multidão de pessoas acompanham os passos do actor, em vez de ser uma vivência passou a ser um teatro. Tenho sentido, talvez falho meu, que se está a fazer desse ritual Católico, um chamariz para o turismo... Que o digam as gentes de Ourém onde na sexta-feira Santa se enchem as muralhas do castelo para assistir à Via Sacra... E já que a moda do turismo religioso funciona, em Óbidos faz-se o mesmo... Isto será Fé? Não me parece...
 
 Mais ainda a notícia diz assim: As cerimónias religiosas da Semana Santa iniciam-se no dia 31 de Março e terminam no dia 8 de Abril. Durante este período, Missas, Procissões e outras Celebrações terão lugar nas várias igrejas da Vila, destacando-se o Domingo de Ramos, a Sexta-Feira Santa e o Domingo de Páscoa. Por forma a enriquecer o programa religioso, a Câmara Municipal de Óbidos propõe um programa cultural repleto de actividades artísticas e culturais visando agradar aos milhares de visitantes que escolhem Óbidos como destino nesta época do ano. “
 
A Câmara quer enriquecer o programa religioso?!... Sinceramente! Ou se trata de um teatro paganizado ou de uma oração cristã, misturas não obrigado!
Fonte Aqui

Terça-feira, 27 de Março de 2007

Sinais do tempo.

No serão de domingo a RTP exibiu a final do programa “Os grandes Portugueses”, onde os Portugueses (160.000) votaram em quem foi o grande marco histórico de Portugal. O vencedor foi com 41% Oliveira Salazar.
 Um programa não representa a intenção de todos os Portugueses, mas preocupa-me ver que o escolhido como marco nacional foi um ditador que com a ajuda da PIDE reprimiu o povo português. Será que os Portugueses gostam de ditaduras?... Será que se troca a liberdade relativamente à “pujança” económica?... Curioso.
 Mais info aqui.
Sinto-me: perplexo

Segunda-feira, 26 de Março de 2007

Télélé

Ainda há pouco tempo, aqui falei de telemóveis e os jovens, e parece que o "problema" não existe apenas por cá:

O Ministério da Educação italiano proibiu o uso de telemóvel nas escolas do país. O ministro da tutela, Giuseppe Fioroni, aprovou um novo regulamento, que estabelece punições aos transgressores.

Pois é, chega-se a um ponto que não sobram mais alternativas....

Boa Semana!


Sexta-feira, 23 de Março de 2007

Pedras lançadas

Um pensamento para o fim de semana!
Bom fim de semana!
 
Um homem caminhava pela praia numa noite de lua cheia e pensava:
                 "Se tivesse um carro novo, seria feliz"
                 "Se tivesse uma casa grande, seria feliz"
                 "Se tivesse um excelente trabalho, seria feliz“             
                 "Se tivesse uma parceira perfeita, seria feliz"
 
 
 
Nesse momento, tropeçou em uma pequena sacola cheia de pedras e começou lançá-las uma a uma ao mar.
E a cada vez dizia: "Seria feliz se tivesse..."
Assim fez até que restou apenas uma pedrinha, que decidiu guardar.
 
 
Ao chegar em casa percebeu que aquela pedrinha tratava-se de um diamante muito valioso.
Quantos diamantes teria lançado ao mar sem parar para pensar?
 
 
 
 
Cada pedrinha deve ser observada, pois pode ser um diamante valioso.
Cada um de nossos dias pode ser considerado um diamante precioso e insubstituível.
Depende de cada um aproveitá-lo ou lançá-lo ao mar do esquecimento para nunca mais recuperá-lo.
 
 
E você, o que anda fazendo com suas pedrinhas, que podem ser... 
AMIGOS, TRABALHO, REALIZAÇÕES PESSOAIS  e até mesmos seus SONHOS?
Slide de Ria Ellwanger

Quinta-feira, 22 de Março de 2007

Tanto sofrimento...

Foto Rumen Koynov
Uma criança de dois anos foi retirada pela Segurança Social à família que a acolheu desde os quatro meses, em Viseu, após ter sido entregue pela mãe que «não tinha condições para a tratar», noticia a Lusa.
Lúcia Fátima Coelho, a mulher que desde há 20 meses cuidava da bebé, contou à Lusa que a menina «foi retirada pela Segurança Social na segunda-feira». Na altura foi a sua casa uma assistente social, uma psicóloga e a polícia. «Não sabíamos que a vinham buscar, disseram-nos apenas que o Tribunal tinha mandado retirar a menina provisoriamente. Neste momento nem sei onde está», acrescentou.
A menina chegou a casa de Lúcia Fátima Coelho e marido, residentes em Moselos, «há cerca de 20 meses, tinha então apenas quatro meses». «Foi-me entregue pela mãe, que andava e anda na rua, na prostituição. Veio a Moselos e andou aí a oferecer a menina a dois casais que não a aceitaram e depois veio cá trazê-la e eu fiquei com ela», explica.
 
Tanto sofrimento...

Quarta-feira, 21 de Março de 2007

Ser Jovem hoje

 
Retirei esta imagem de uma publicidade e parece-me exemplificar bem os Jovens de hoje, por vezes tão pertos uns dos outros, mas tão longe...
tags:

Segunda-feira, 19 de Março de 2007

Dia do Pai versus dia dos filhos

Hoje é dia do Pai.
Sinceramente eu já me tinha esquecido (que filho degenerado sou!) Mas os meus filhos e esposa fizeram o favor de me relembrar ao chegar a casa, com os seus presentes de carinho que me ofereceram, depois de um dia de trabalho. Que bom estarmos todos juntos na nossa casa, isso sim é a felicidade de ser Pai. À mesa todos reunidos, onde cada um conta as suas histórias do dia a dia é a felicidade da vida em família. Com momentos altos e outros baixos, mas o fundamental é saber ultrapassar os baixos fazendo deles um trampolim para cima.
 
Sinto-me: Babado
tags:

Domingo, 18 de Março de 2007

New look

Às vezes é preciso mudar, foi o que fiz, espero para melhor...
Boa semana!
Sinto-me: Cara lavada

Sexta-feira, 16 de Março de 2007

Iraque

Já que estou numa onda de “mal dizer”, que pensar das palavras do responsável das Nações Unidas que vem publicamente dizer que o relatório foi intencionalmente alterado pelos Senhores Blair e Bush para justificar a invasão no Iraque?!
 Que legitimidade tem um País invadir outro baseado em relatórios alterados, dizendo que o Iraque possuía armas de destruição maciça, facto declarado falso e comprovado e nada de mais acontece a esses dirigentes? Ninguém chama a responsabilidade dessas pessoas? Morreram e continuam a morrer depois do caos semeado e ninguém diz nada? Ninguém pede contas a esses Senhores?
 
 Anda tudo louco...
 
tags:

Quinta-feira, 15 de Março de 2007

Caridade??

As verdades tem de ser ditas, doa a quem doer. Mas sem dúvida que me doem principalmente a mim!
 
 Comento hoje o novo documento emitido pela Sua Santidade Papa Bento XVI intitulado exortação apostólica Sacramento à caridade. O Papa explicita aspectos que segundo diz “podem “despertar na Igreja novo impulso e fervor eucarísticos” “A Eucaristia é por excelência «um mistério da fé»”. “E a fé da Igreja é essencialmente uma fé eucarística e alimenta-se, de modo particular, à mesa da Eucaristia”(6). Nela “Jesus não dá ‘alguma coisa’, mas dá-Se a Si mesmo” (7), recordando-se essa doação, a novidade dessa Nova Aliança, em cada celebração (9). Ela é “constitutiva do ser e do agir da Igreja” (15). Nada a acrescentar aqui, mas duvido que com esta linguagem se desperte impulsos e fervor...
 
 Volta a “acenar” com o celibato dos sacerdotes, como se a vida sexual fosse algum impedimento na doação para os outros... Acho um disparate total, mas é uma opção que é tomada de forma consciente como tal nada tenho a acrescentar...
 
 Volta a relembra a proibição na comunhão para os casais re-casados “porque o seu estado e condição de vida contradizem objectivamente aquela união de amor entre Cristo e a Igreja que é significada e realizada na Eucaristia” Isto é caridade??... Tantos casamentos são anulados pela Igreja de forma legal que são muito discutíveis. Então se esse casal se ama de verdade e que por infortúnio da vida já é divorciado fica afastado de Jesus vivo?
 
Volta a sugerir o Latim e o canto gregoriano em certas partes da eucaristia, mas só nas grandes cerimónias que atraem católicos de diferentes países. Apela para a moderação nos cânticos e no abraço da paz. Nas memórias que recordo do Papa João Paulo II quando esteve em África e numa missa animada com os cânticos tribais. Sou monitor de Jovens, e não duvido que uns cânticos mais ritmados na medida da espiritualidade que os Jovens tem, ajudam a interiorizar mais os Jovens do que o cântico gregoriano??!! Não será correcto adaptar a Eucaristia ao sinal de festa e dádiva para os outros? Então para que servem as festas que o catecismo recomenda não são para dar um espírito festivo ás celebrações?...
 
Para Bento XVI não basta ir à missa e cumprir todos os preceitos, é necessário que "todos os baptizados" dêem um "testemunho público" da sua fé. Sem dúvida, mas testemunho de tristes, oprimidos, sem raciocínio lógico, sem opinião própria? Ou queremos testemunhos de Católicos inteligentes, que assumem a sua Fé e alegres por seguir Jesus?
 
 Hoje estou triste, desiludido, onde está o espírito renovador do concílio Vaticano II? Assim não!... Algo vai ter mudar... Mas isto não tem nada de caridade.
Sinto-me: ...
tags:

Quarta-feira, 14 de Março de 2007

Pegadas

 
 Actualmente as crianças e jovens da minha comunidade andam a desenvolver uma campanha que se baseia em trabalhos que são premiados com umas pegadas num cartaz.
 A propósito de pegadas lembrei-me desta história muito bela:
 
 
Uma noite eu tive um sonho.
Sonhei que estava a andar na praia com o Senhor
e através do Céu, passavam cenas da minha vida.
Para cada cena que se passava, percebi que eram deixados
dois pares de pegadas na areia;
Um era meu e o outro do Senhor.
Quando a última cena da minha vida passou
Diante de nós, olhei para trás, para as pegadas
Na areia e notei que muitas vezes, no caminho da
Minha vida havia apenas um par de pegadas na areia.
Notei também, que isso aconteceu nos momentos
Mais difíceis e angustiosos do meu viver.
Isso entristeceu-me deveras, e perguntei
Então ao Senhor.
"- Senhor, Tu me disseste que, uma vez
que eu resolvi Te seguir, Tu andarias sempre
comigo, todo o caminho mas, notei que
durante as maiores atribulações do meu viver
havia na areia dos caminhos da vida,
apenas um par de pegadas. Não compreendo
porque nas horas que mais necessitava de Ti,
Tu me deixastes."
O Senhor me respondeu:
"- Meu precioso filho. Eu te amo e
jamais te deixaria nas horas da tua prova
e do teu sofrimento.
Quando vistes na areia, apenas um par
de pegadas, foi exactamente aí que EU,
nos braços...Te carreguei."
Foto Diogo Ruas Adaptação PDivulg
tags:

Terça-feira, 13 de Março de 2007

Aquilo que é importante

O deus dinheiro reina em muitos lados mas é bom não esquecer que :

O DINHEIRO PODE COMPRAR UMA CASA, MAS NÃO UM LAR,
O DINHEIRO PODE COMPRAR UM RELÓGIO, MAS NÃO O TEMPO,
O DINHEIRO PODE COMPRAR UMA CAMA, MAS NÃO O SONO,
O DINHEIRO PODE COMPRAR UM LIVRO, MAS NÃO O CONHECIMENTO,
O DINHEIRO PODE PAGAR UM MÉDICO, MAS NÃO A SAÚDE,
O DINHEIRO PODE COMPRAR STATUS, MAS NÃO O RESPEITO,
O DINHEIRO PODE COMPRAR SANGUE, MAS NÃO A VIDA,
O DINHEIRO PODE COMPRAR O SEXO, MAS NÃO O AMOR,
 
Foto Igor Poço
tags:

Domingo, 11 de Março de 2007

Sábios conselhos

Boa Semana!
tags:

=>A Foto do dia

=>postas recentes

=> Mudança dos tempos

=> Ponto final

=> 95 Primaveras

=> Festa da Fé_Leiria 2010

=> Coleccionando flores....

=> Passatempo

=> Para onde vais Portugal

=> Os tempos mudam

=> O CÚMULO DA IRONIA .........

=> Anedota da Páscoa

=>arquivos

=> Outubro 2010

=> Julho 2010

=> Maio 2010

=> Dezembro 2009

=> Outubro 2009

=> Abril 2009

=> Fevereiro 2009

=> Janeiro 2009

=> Dezembro 2008

=> Novembro 2008

=> Outubro 2008

=> Maio 2008

=> Abril 2008

=> Março 2008

=> Fevereiro 2008

=> Janeiro 2008

=> Dezembro 2007

=> Novembro 2007

=> Outubro 2007

=> Setembro 2007

=> Julho 2007

=> Junho 2007

=> Maio 2007

=> Abril 2007

=> Março 2007

=> Fevereiro 2007

=> Janeiro 2007

=> Dezembro 2006

=> Novembro 2006

=> Outubro 2006

=> Setembro 2006

=> Março 2006

=>pesquisar

 

=>Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


=>A passagem do dia

=>A citação

=>Escreva-me: pdivulg@sapo.pt

=>O Tempo por cá

=>Fases da lua


moon phases
 

=>Contador

=>mais sobre mim

=>tags

=> todas as tags

=>O meu selo

PDivulg

blogs SAPO

=>subscrever feeds