=>Carpe diem quam minimum credula postero

Terça-feira, 15 de Abril de 2008

Que justiça é esta?

 
Estas notícias fazem arrepiar-me:
 
Uma investigação da Associação Contra a Exclusão pelo Desenvolvimento (ACED) concluiu que existiu um crime de tortura perpetrado por agentes da Polícia Judiciária sobre Leonor Cipriano, condenada pela morte da filha Joana, em Portimão.
 
Segundo o relato de Leonor Cipriano, os inspectores da Polícia Judiciária colocaram dois cinzeiros de vidro no chão e obrigaram Leonor a ajoelhar-se sobre eles.
“Não permitiam que ela se levantasse até confessar. Leonor relata as dores de ter permanecido horas naquele estado” e mostrou ao jurista da ACED “as cicatrizes nos joelhos”.
“Constatando a inutilidade do procedimento, os inspectores da PJ sentam Leonor numa cadeira e metem-lhe na cabeça um saco de plástico verde, de supermercado. Aos gritos, tentando forçar uma confissão falsa, os inspectores começam a agredir Leonor na cabeça com um tubo de cartão duro, utilizado normalmente para enviar documentos enrolados por correio. O tubo, bastante duro, e manuseado com bastante força contra a cabeça de Leonor, provocou-lhe hemorragias que desceram até aos olhos”, prossegue o documento.
Leonor Cipriano contou que, “se tentasse tirar o saco da cabeça, era imediatamente agredida nas mãos. Os inspectores gritavam sempre que ela só sairia dali viva se confessasse. Alternavam estas agressões físicas com outras formas de tortura. De vez em quando levantavam Leonor, algumas vezes mantendo o saco, outras sem o saco. Quando em pé, começavam a lhe dar fortes socos e pontapés nos lados das costas”.
 
Tenho legitimidade para perguntar: "será que ela é mesmo culpada?"
Qual a legitimidade deste interrogatórios? Isto é comparável aos tratamentos VIP dos Mac Cann?
tags:

by pdivulg às 00:07
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Jorge Oliveira a 15 de Abril de 2008 às 09:53
A ser verdade isso é bastante inquietante.
Como é terrível também a possibilidade de uma mãe matar a sua própria filha.
Ecos da sociedade violenta que estamos a viver.



De Galeriacores a 16 de Abril de 2008 às 00:43
Confesso que desconhecia em absoluto essa notícia e fico verdadeiramente estupefacto perante as medidas severas de interrogação que foram aplicadas pelos agentes da PJ. Julgo que em relação aos Mac Cann , caso fossem portugueses, estariam a estas horas a apodrecer num qualquer recinto prisional do país. Não há dúvida nenhuma que eles, pelo facto de serem ingleses e ainda por terem amigos muito importantes na Inglaterra, tiveram tratamento VIP deste lado da fronteira. De salientar que eu continue a acreditar que eles são os verdadeiros culpados pelo desaparecimento da filha.


Comentar post

=>A Foto do dia

=>postas recentes

=> Mudança dos tempos

=> Ponto final

=> 95 Primaveras

=> Festa da Fé_Leiria 2010

=> Coleccionando flores....

=> Passatempo

=> Para onde vais Portugal

=> Os tempos mudam

=> O CÚMULO DA IRONIA .........

=> Anedota da Páscoa

=>arquivos

=> Outubro 2010

=> Julho 2010

=> Maio 2010

=> Dezembro 2009

=> Outubro 2009

=> Abril 2009

=> Fevereiro 2009

=> Janeiro 2009

=> Dezembro 2008

=> Novembro 2008

=> Outubro 2008

=> Maio 2008

=> Abril 2008

=> Março 2008

=> Fevereiro 2008

=> Janeiro 2008

=> Dezembro 2007

=> Novembro 2007

=> Outubro 2007

=> Setembro 2007

=> Julho 2007

=> Junho 2007

=> Maio 2007

=> Abril 2007

=> Março 2007

=> Fevereiro 2007

=> Janeiro 2007

=> Dezembro 2006

=> Novembro 2006

=> Outubro 2006

=> Setembro 2006

=> Março 2006

=>pesquisar

 

=>Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


=>A passagem do dia

=>A citação

=>Escreva-me: pdivulg@sapo.pt

=>O Tempo por cá

=>Fases da lua


moon phases
 

=>Contador

=>mais sobre mim

=>tags

=> todas as tags

=>O meu selo

PDivulg

blogs SAPO

=>subscrever feeds